segunda-feira, 6 de abril de 2020

Aleatoriedade Elísia

Sou um monstro que falhou miseravelmente sê-lo:
Desprendido do papel de monstro a cada resposta tua
E incumbido do papel de amante a cada reação,
Ajoelhei-me a teus pés e pedi uma direção.