quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Mutante

Não percebi os olhos que aprisionavam
E conspiravam com o medo a redenção da loucura,
Mas,
Embora tarde para a volta da pureza,
O dia seguinte, ainda a brotar, foi mais claro do que qualquer julgamento.