sábado, 30 de agosto de 2008

WYSIWYG

O que se vê é o que se tem,
Mas o que se tem é a cópia do mesmo.
O que se faz é o que se quer
E o que se quer é diferente do desejo.
O que se pode é o que se faz,
Porém, decepcionantemente,
O que se faz não adianta.

De que adianta se adianta?
Adiante, homem; vê adiante!