quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Hellas por Ela

Explanam com contornos absolutos sobre a bondade dessa gente,
Mas eu não sou o bem que desejam aos seus filhos,
A conduta reta - ou murcha - que pensam exigir os seus deuses.

Alardeiam sobre o mal contido em qualquer prazer meu,
O aspecto perverso em brumas que afirmam existir em meus lábios exaltados,
Porém, ébria em minha ilha de supostos desvarios,
Não ergo coroas de homens corruptos para homens servis.