sábado, 5 de julho de 2008

Um Dente de Engrenagem

Cultivou a lavoura a ser destruída pela praga
E, mesmo assim,
Creu que o presente precisa ser experimentado,
Acreditou que o distante, transtornado, rende-se aos pequenos passos.