domingo, 1 de abril de 2012

Anacronismo

O amor em nosso universo metafísico nos corrompe:
Loucura é emudecer-se da vergonha inventada com o traje da realidade,
Seguir o andor sério de obumbrado da marcha julgada atemporal
Para que se pareça viva mesmo ultrapassada.

O amor não transcende,
É coisa de bicho para com os seus pares e prole.