terça-feira, 6 de março de 2012

Leões Arrebanhados

A propaganda pacifista dos especulantes pastores exige o rebanho distante da barbárie de ser livre, de exigir a natureza de sua sobrevivência à truculência sórdida da terra ao invés da tênue sublimidade do vigoroso engodo de telenovelas que chamamos amor sem crer plenamente no mesmo.

- Às armas! - imbecis seríamos, açoitados à tinta na celulose cotidiana de quem só tem a perder.