domingo, 25 de dezembro de 2011

Clichê da Mesma Tecla

Você que está preso no visível,
Sai deste cubículo apertado e olha
Além deste palmo e aquém deste metro
Para não ser mais um crítico enfadonho na história
Ou outro anônimo perdido no que lhe cabe.