quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Dia D


Somos de quase toda a rua
Colhendo os seus fragmentos
E contando mentiras sozinhos pro vento.