segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Centro

Procurei a brisa nesta aridez de angústia
Por algo além da vermelhidão da terra
E o retorcido da quase mortandade,
Decretei com placidez e propriedade
O contorno esférico do horizonte
Pela quentura avessa ao calor da mata branca,
Mas sinto pouco,
Muito pouco,
Apenas para mim.