terça-feira, 4 de outubro de 2011

Calhado de Revivência

Calha-se o vento das estupendas bolsas embargadas de liberdade,
Calha-se do horizonte a distorcer-se trêmulo
Fugindo a poucas milhas do fedor que o recalha.