terça-feira, 20 de setembro de 2011

Da Cor dos Teus Olhos


És o filtro dos sonhos,
Nasce de ti o futuro
Previsto frio pelo impulso ígneo desta tentação,
O corpo a refletir esta réstia de luz que sobrou da revolução
Em meio a umbra de nada fazer sentido.