sábado, 10 de setembro de 2011

Crônica Sensível

A Globo em suas crônicas sensíveis sobre conflitos internacionais parece uma professora de geografia solteirona que acredita que encontrará o grande amor depois de ter ultrapassado os 50; ou seja, um pé no saco.