domingo, 17 de julho de 2011

Esta Noite

Desejo morrer esta noite
Da fome que eu nunca cri
Calhando em mim o seu nome
E o medo que sempre senti
Nas vezes que me abandonava
Falhando sozinho a tentar
Carinhos na luz machucada
Pela solidão do lugar.