segunda-feira, 6 de junho de 2011

Samba dum Fôlego Só

Ela é da Gávea e eu das Laranjeiras,
Ela faz sentido e eu não sei o que fazer,
Ela é dançarina e eu só sei asneiras,
Ela faz teatro e eu me equivoco sempre que eu tento entender,
Ela é morena e eu não sei o que sou,
Ela é tentadora e eu só tento existir,
Ela é amada e eu só tenho amor,
Ela não disfarça e eu só me impressiono a vendo partir.