quarta-feira, 8 de junho de 2011

A Mão Masturbadora da Matriz

A chave para a construção duma sociedade digital de sucesso está em tornar a mediocridade de qualquer indivíduo célebre, fazer da imagem desimportante e das opiniões vulgares do autor algo que caracterize a experiência da constante análise e crítica externa mesmo que se trate dum sujeito desprezível, um ser cotidiano replicado das programações sociais a partir da cultura. Além da facilidade de uso, o minimalismo se propõe indispensável para que a interação se concretize, em pacotes pequenos de composição e interpretação, em detrimento do nivelamento de uso pelo mínimo de educação dos usuários e não pela sua média harmônica.