quarta-feira, 29 de junho de 2011

Danças

Deixo um espaço vazio pra que te derrames com a graça que queres,
Um infinito na brecha da cadência que te dou pra não dançar,
Mas danças.