sexta-feira, 10 de junho de 2011

Até o Fim

Esse universo banguela nos comeu
A dar o tom do nosso hino em sua saliva espumosa

E adoramos

Nadando seminus às vestimentas do torpor

Adoramos

Incorporamo-nos do avesso e fomos até o fim.