terça-feira, 24 de maio de 2011

Érotique II

Salta sobre mim,
Senta nos meus quadris
A segurar-me pelos pulsos e,
Com os seios livres a desenhar os mamilos na camisola,
Mergulha a vasculhar-me com o nariz e os lábios do peito ao queixo
Ao mesmo tempo que força as virilhas para baixo e para frente.

O busto dança em círculos,
A língua prova o sabor do meu pescoço,
A vida cala e se entrega embriagada.