sexta-feira, 18 de março de 2011

Qualquer Santo de Interior

Bloqueie tudo que possa vir de novo
Se qualquer santo que habite não importar,
Se qualquer verso que recite excitar,
Pois é menina medrosa,
Calmaria em prosa,
Contorno deste tempo ausente à inquisição.