terça-feira, 1 de março de 2011

Another Way

Calunia-se por hora
A contar cristais
Falsos de âmbar,
Fartos de polimento,
Às vias da deterioração,
E chamas medo o desejo inexistente.