quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Medíocre Primavera

Nosso segredo é manter a dança
Tênue feito a suposta percepção do mito,
Suspensa à surpresa do que já aconteceu
No que ainda será apreciado.

Nosso mistério é vulgar,
Tão banal que ríamos do riso que amanhã verão;
Estupidez doutrem pela nossa medíocre primavera.