quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Pathos

Por que roubar a personificação da liberdade? - censurei-me,
Mas quase fazendo,
Quase partindo ao corpo como se não arriscasse destruir aquela alma.