domingo, 28 de novembro de 2010

A Musa

Hipocrisia empafiosa ou pedantismo inocente,
O que ela diz não importa,
Mané:
Olha estes peitinhos duros,
Curte estes olhos azuis...
Que seja o tumulto desta gana!

Deixa sonhar o sonho dela,
Serve punhados de milho e atenção,
Ajuda a construir o picadeiro,
A moldar a musa nesta porção de bosta.