quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Tensão e Relaxamento

- Meu pau tá duro pra você! -
Diria,
Excitado pela imagem,
O mago.

Mas que expressão é esta,
Calhada apenas pelo senso que se projeta
Faminto pelas vibrações do universo?

- Eu tô em cima,
Tô cortando o seu dobrado,
Tô amando o seu balanço
Que começa manso
Até que insano antes do repouso absoluto,
Da preguiça da vida
A agradecê-la.
Eu tô de soslaio
Ou fixado sem que perceba,
Apaixonado pelo silêncio
Quedado aos meus cheiros e sabores,
Texturas e esteroides. -
Completaria a revirar-se em seu fim.

De espectador do passado,
Louva a própria criação pelo seu animal
E se cospe depois de sanado.