quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Contra o Mestre

Então,
Eis-me aqui,
A meretriz,
Pronta para vender o que anseio gritar,
Carente de glória opulenta,
Violentamente receptiva por alguém que sustente o meu Dionísio.