quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Commedia dell'arte

Nada me pediu,
Sequer tornou implícito o desejo
De confiar em sua escuridão,
Dedicar-me aos beijos tênues encontrados num abismo,
Confiar-me os segredos de sua dor mascarada de colombina,
Mas eu persisto.