quinta-feira, 8 de julho de 2010

Cérbero

Quebradas as arrebentações,
Urgia a placidez com o seu som de amparo,
Condição a astrolábios
Dormidos no ventre de tudo.