quarta-feira, 21 de julho de 2010

Berros, Clamores e Covardias

Um momento de mãos dadas no finito
Para acalmar o ego feito a solidão do artista
Por imposição só,
Sonhando uma previsão de glória
Mesmo morto e ainda destacado dos bailes de carnaval.