quinta-feira, 24 de junho de 2010

Meio Ano

Pedirei pra que me roubes o furor que não te pertence,
Mas se faz quase obumbrado em teu nome
Por teu jeito e forma,
Sonhos e desejo.