segunda-feira, 31 de maio de 2010

Para Jamais Esquecer

Rasgado o tecido vagabundo,
Posta à mostra a puta casta,
Os zeros não valeram a pena
Para nenhuma das ganas,
Nenhum dos sonhos.

O Monsenhor,
Mesmo assim,
Chafurdou-se na merda de vida daquela guria
Desejando não perder os cruzados
Ou apenas a noite sem Cruzeiro
E Lua.