segunda-feira, 3 de maio de 2010

O Último Mártir

Ninguém quis comprometer-se,
Libertar-se arriscando a revolta alheia,
Desafiar-se fodendo a boa conduta,
Sujeitar-se ao espectro de puta...

Então o vilarejo cresceu
Preso à liberdade do último mártir.