sábado, 10 de abril de 2010

Prelúdio da Tremere

Linda de descrita,
Rota de abstrata,
Quase toda feita de desgraça.

Vil de infeliz,
Sã de chamariz,
Sempre desvivida do que enlaça.

Nua em despedida,
Nua em toda a vida,
Bem apresentada em cicatrizes.

Voz de uma harpia
Em partitura sépia
Assassinando todos seus algozes.