segunda-feira, 12 de abril de 2010

Diluído

Compararei tudo ao que me embasbaca,
Seguindo o grosseiro mote de uma nação qualquer;
A que eu puder
E me quiser-
Se é que quer.