quarta-feira, 24 de março de 2010

Sei

Tô pra desmaquilar a descrição,
Tornar-te feia como crês,
Esplêndida como vejo.

Tô aqui,
Voando faz dez horas,
Caindo até agora,
Surtando de desejo.

Tô infeliz
Feito as mídias que gravei,
As telas que pintei,
As vertigens que estanquei,
Os sonhos que esqueci.

Não é o momento,
Sei,
Tu sei la donna,
Sei,
Mas já namoro a minha ausência pobre.