quarta-feira, 3 de março de 2010

O Suposto Opositor

Ao décimo quinto dia,
O calor da cor de dentro das tuas coxas,
Agarradas à minha cintura-
Virilhas sobre o ventre
E pés travados ao dorso,
Golpeava sem esmero e fome,
Debandava os rascunhos pelo controle absoluto do suposto opositor.