terça-feira, 30 de março de 2010

Nihil Obstat

Por desfazer a embriaguez após o espanto admirado,
Assassinamos um a um os deuses.