quarta-feira, 17 de março de 2010

Iguais

Deita-se,
Não queira esta força,
Sofre-me;
Sim,
Arrependemo-nos.

Olha-me,
Esquece as minhas melenas
Castanhas,
Desperta os meus instintos
Comuns;
Não hei de separar esta alma crua das demais.