segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Satisfação

Pediu-me para que a acompanhasse tocando-se,
Embriagando-se de suas próprias substâncias e instintos,
E sem a tomar,
Sem sequer me tomar também.

Pediu-me e iniciou,
Murmurava e prosseguia,
Torturava e conseguia;
Nunca soube se me foi satisfação.