domingo, 21 de fevereiro de 2010

Rameira

Descerimoniosa,
Mal dita à carcaça a soberania do espírito,
Frequenta o momento da besta até que se cumpra o escambo
E fecha o ciclo porta afora.