terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Púrpura

Das pétalas úmidas e do teu sumo
A manhã se exigia imortal.