sábado, 27 de fevereiro de 2010

Minta

O que é bom pra você
E belo?
Do que suspeita pra crer
Sincero?
Quantas lamúrias guarda detrás deste olhar de ninfa?

Tentaria conter
A sorte
Se o carinho nos fosse
Torpe?
Hoje eu só quero que me destempere e minta.