segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Fadinha de Açúcar


Não fugirei daqui, não,
Pois te espero,
Ratazana,
Com os sapatos nas mãos.

E se lembre que é sonho,
Que a ilusão é Clara,
Que é epopeia em russo,
Que o bandido nasce em alguém para ser esmagado.