domingo, 29 de novembro de 2009

Ovelhas

Cala a boca, cadela,
Não trema,
Não chore,
Não morra!

Desvenda a rua, puta,
Recria a tua culpa,
Engole a porra,
Recebe o pagamento
E toma um porre!