domingo, 29 de novembro de 2009

Macho Capado

Com um pinscher sentado no antebraço, o senhor entrou no posto de conveniência. Enquanto o cachorro aparentava assombro pelo ambiente inóspito, o gordo nanico comprimia os olhos por trás do fundo de garrafa na direção dos salgadinhos e geladeiras. Foi até uma das prateleiras e pegou um Elma Chips, abriu uma geladeira e carregou uma Coca-Cola. Guiou-se à vendedora e pediu:

- Um maço de Marlboro, por favor.

Enquanto vasculhava uma das gavetas do móvel que amparava a caixa registradora, a moça, sorridente, tentou romper a sisudez do homem:

- Ai, que bonitinho! É um menininho ou uma menininha? - referindo-se ao cão.

- É um macho capado. - respondeu, o indivíduo, com frigidez.

- Ah, então é quase uma menina! - ainda tentando motivar um sorriso do idoso, exclamou a rapariga assim que retirava um maço de cigarros de um pacote recém-inaugurado ao varejo.

- Não é subtraindo que se torna fêmea.