terça-feira, 24 de novembro de 2009

Deselegância

Assim,
Sufocados por um paraíso inalcançável,
Furtamo-nos suicidas,
Cumprimo-nos sem prazer.

Então
Descobrimos a mentira
E mentíamos pretensiosamente por qualquer alívio,
Mesmo que alívio curto e aparente:
De tantas curtidões outra mentira;
Fundia-se outro lastro de nada.