sábado, 7 de novembro de 2009

Congelando Beijos

O presente,
Morto antes que eu perceba,
Não me falta;
O limite é meu
E,
Por engessar perigos,
Sou mais frágil do que sonho.