sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Descompasso

Não me toque ainda,
Dê-me a ânsia por teu carinho morno diante deste frio paulistano,
Sê-me o arrepio,
O segundo que não chega,
O descontrole de mim.