segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Rara Felicidade

Não perdeste as nuvens,
Ainda hão de chorar em teu céu desértico.