quinta-feira, 2 de julho de 2009

Vidas Medíocres

Das tantas viagens sem volta,
Que permanecessem em resquício ou seqüela,
Torpe é o trato que dou a esta adequação,
A domesticação do demônio-eu.

Das tantas vidas medíocres,
De questões e deuses distintos e desconhecidos,
Raso é desvivê-las,
Deixá-las sem resposta.